Setúbal – Natureza da Arrábida

Um elo de ligação entre o ser humano e a natureza, a terra e o mar, a floresta e o oceano, o verde e o azul, o sol e a terra, a vida e a aventura, a beleza e o amor!

 

Aquilo que eu vi e vivenciei,

Uma extensão da viagem a Sesimbra, uma flexibilidade do verde da floresta para o azul do oceano!

Visitei praias e mergulhei em águas cristalinas. Visitei cavernas que hoje são autênticos santuários. Encontrei a melhor praia da EUROPA (quem o diz é o site European Best Detination), dei de caras com a mais LINDA praia de PORTUGAL (pelo menos para mim), descobri as melhores paisagens e fotografei a Praça do Bocage !

(esta viagem vem na sequência da visita à península de Setúbal, existe um artigo anterior das voltas em Sesimbra, podes lê-lo aqui)

 

 

  Setúbal é a capital do distrito, fica na região da Estremadura, mas o seu distrito prolonga-se pelo Baixo Alentejo. É uma cidade rica em história, património e gastronomia mas na verdade quisemos visitá-la pelo Parque Natural da Arrábida e a sua bela costa.

  Esta cidade pode ser visitada em qualquer estação do ano, embora eu prefira sempre o final da primavera. A água já está boa para mergulhos e os turistas ainda estão a fazer a mala 😀

 

PARQUE NATURAL DA ARRÁBIDA

  O Parque Natura da Arrábida é sem sombra para dúvidas dos lugares mais bonitos de Portugal. E enquanto o turismo enche as praias do sul, nós fazemos um desvio e deliciamo-nos por aqui!!

  Continuando a nossa viagem pela costa do parque natural (quem vem de Sesimbra) e depois de passar a Brecha da Arrábida começam as praias de Setúbal. Praia de Alpertuche, dos Pilotos, da Arrábida, do Creiro, do Monte Branco, da Anicha, dos Coelhos, dos Galapinhos, dos Gálapos, da Figueirinha, do Outão, da Rasca, da Comenda, de Albarquel e da Saúde.

 

Praia de Alpertuche

  Para mim, a praia dos meus sonhos! A praia mais linda que já pisei. Era aqui que eu queria viver!!!! Num pequeno barraco à beira mar, com o oceano no quintal, onde o som das ondas me acompanha para qualquer lado. O único problema seria mesmo apanhar internet para continuar a escrever-vos 😛

  Uma praia diferente, tão pequena e privada. Já lá existe uma pequena casa abandonada. Grande parte da praia é em godos, mas existe um carreiro confortável, onde não existem pedras nem algas, apenas areia dourada e quentinha! O mar, verdinho e translúcido. Uma praia protegida do vento por altas falésias. ADOREI!

 

 

 Se quiseres saber mais sobre esta praia, e como lá chegar podes ler o artigo – A PRAIA DOS MEUS SONHOS!

 

Lapa de Santa Margarida

  Depois de andar por trilhos e escadas desfeitas no meio da vegetação, finalmente encontro uma espécie de varanda sobre o mar, onde podemos abraçar a paisagem e sentir o carinho da mãe natureza. Atrás de nós está um pequeno buraco na rocha escuro, muito escuro. Mas o que será!? É uma entrada através de uma escadaria cavada na rocha para uma grande gruta!!!

  Reza a lenda, que uma embarcação que fugia de um navio pirata por aqui afundou. Os seus tripulantes, humildes pescadores esconderam-se nesta gruta e sobreviveram. As suas famílias em agradecimento à sua fé e religião aqui construíram uma capela em meados do século XVII.

 

 

  Para saberes mais curiosidades sobre esta gruta e como lá chegar, clica aqui.

 

Praia dos Pilotos

  Pequena baía que se formou, uma praia bem pequena e com bastantes rochas. O mais divertido foi escalar as rochas e saltar para o mar!

 

Forte de Santa Maria da Arrábida

  Hoje em dia aproveitado, é também o museu oceanográfico. Aqui encontrei majestosas paisagens sobre o mar e arquitectura histórica do país. Deste Forte já se avista o portinho da Arrábida!!

 

Portinho da Arrábida

  No portinho da arrábida fica-se com a imagem na memória de muitos barcos brancos que realçam a cor do mar verde esmeralda. Onde o verde das árvores apenas se separa do azul do mar por uma estreita faixa de areia!

 

 

  A sua praia é extensa mas estreita. Está separada da praia do creiro apenas por algumas rochas facilmente contornáveis. Esta é também das praias mais conhecidas de Setúbal e de paragem obrigatória.

  Existe um restaurante/bar e tem zona de estacionamento.

 

Praia do Creiro

  Esta é uma praia vigiada e de fácil acesso, e é por isso também que vais encontrar bastantes banhistas! Esta praia é grande, e por isso temos zonas de areia e chapéus de palha e no outro lado temos zonas de pedras, godos e rochas.

  Na época alta do verão, a praia enche-se de cores! Um guarda-sol de cada cor faz com que a praia pareça viva.

  Aqui temos uma escola que proporciona aulas de diversos desportos aquáticos como bodyboard, surf, paddle e duckdive. Exsite também café e restaurante.

  No caminho para esta praia vais encontrar um miradouro!

 

 

Praia do Monte Branco, Praia da Anicha e Praia dos Coelhos

  É uma viagem interessante.

  Na praia do monte branco, assim como na praia da anicha, saltitasse por entre rochas. Não existe espaço para estender a toalha se formos em grupo. Contudo é interessante, no fim da praia do creiro passar pela praia do monte branco e da anicha até chegar à praia dos coelhos.

  A característica principal da praia da anicha são os rochedos, por esse motivo o rochedo grande que está na água em frente a essas praias tem o nome de Pedra da Anixa. Esta pedra é muito interessante, infelizmente não pode ver de perto, mas pelo que se diz existe uma entrada para uma gruta que já serviu de caverna para piratas.

  Na Praia da Anicha apenas se pode passar para a praia dos coelhos contornando um pontão escalando a rocha, ou a nado.

  A praia dos coelhos, é um pequeno triângulo de areia, rodeado de arvoredo de um lado e do outro, existe apenas um estreito carreiro por exploram as pessoas. Nesta praia, continuando a explorar até à praia seguinte, contornando mais umas rochas vais encontrar a praia mais bonita da Europa – Praia dos Galapinhos.

 

Praia dos Galápos e Galapinhos

  A praia dos Galapinhos é na verdade um pequeno canto na praia dos Galápos. É um pequeno recanto para os apreciadores de praias mais sossegadas e abrigadas por rochas. Na verdade a única coisa que separa a praia dos Galápos e a praia dos Galapinhos são algumas rochas, mas a sua passagem é relativamente fácil. Na verdade o acesso mais fácil para a praia dos Galapinhos, é descer até à praia dos galápos e por areia atravessar as poucas rochas que dividem as praias.

  Existem um estreito caminho na rocha (em cimento) que faz a travessia da praia dos galapinhos para a praia dos coelhos.

  A praia dos Galápos é bastante grande e por isso tem café e restaurante, é vigiada, tem zona de guarda-sóis de palha e atividades desportivas.

  Mas o melhor, é que se caminha por entre a natureza até lá chegar. Por diversos momentos parei simplesmente para apreciar a paisagem!

 

 

Praia da Figueirinha

  É uma praia com maior estrutura para receber banhistas. É vigiada.  O seu areal é extenso e largo, tem zona de estacionamento e paragem de autocarros, tem um bom café super moderno, bancos e passadiços, guarda-sóis de palha, casas de banho e claro atividades desportivas.

  Achei interessante visitar estar praia. Descobri que se formam lençóis de mar no areal. Costumo dizer, que é uma excelente opção para os mais pequenos 🙂

 

Praia de Albarquel e Parque Urbano

  Desde logo captou a minha atenção, devido à sua pedra de formato único e interessante.

  Esta é uma praia de areia no oeste, mas no sul existe uma passeio lado a lado com o mar/rio sado. Um lugar muito bem aproveitado, criaram zonas de sombra e pique-nique, que hoje em dia também são aproveitadas pelos banhistas.

  Existem cafés, o que atraí ainda mais banhistas.

  *Com sorte ainda vês um golfinho-roaz do sado.

 

 

Património

  Setúbal, Capital do distrito é riquíssima em património. Deixo aqui alguns lugares que poderá valer a pena visitar.

  • Forte de São Filipe de Setúbal
  • Forte Santiago do Outão
  • Igreja de São Sebastião
  • Convento de Jesus
  • Convento da Arrábida
  • Estação Arqueológica do Creiro
  • Via Romana do Viso
  • Casa das 4 cabeças
  • Moinho da Maré da Mourisca

Estes foram os que me despertaram maior interesse. E está na minha agenda passar por lá ainda este ano.

 

Gastronomia

  Quem vai a Setúbal não pode deixar de experimentar os sabores da terra. E alguns são como pequenas janelas para o paraíso. Os mais cobiçados são a Açorda do Marisco e as Amêijoas à Bulhão Pato, mas na verdade o prato típico são os chocos na grelha.

 

O QUE MAIS GOSTEI

  Setúbal é um mundo à parte. Foi aqui que encontrei a minha praia preferida! Explorei por entre as grutas e encontrei a lapa da Santa Margarida. Corri as praias mais verdes de Portugal. Temos o contraste das praias marítimas, com praias fluviais, praias urbanas, por aqui há um pouco de tudo e por isso foi tão bom viajar pela península de Setúbal.

  Para a semana vou contar-vos como correu a travessia de Setúbal até à Península de Tróia 🙂

 

Bons Mergulhos!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.