Sesimbra – A Vila Natureza

Sesimbra é um poço de natureza! Onde o verde das florestas se mistura com o azul do oceano numa harmonia que nos toca na alma! Uma música suave que nos faz bailar ao som e ao ritmo de uma natureza VIVA, virgem e eterna.

Aquilo que eu vi e vivenciei,

Um beleza absurdamente inacreditável  um extensão e flexibilidade do verde da floresta para o azul do oceano, a subtileza da natureza é tal que nos enche os olhos, que nos hipnotiza!

 Voei por curvas e contra curvas com receio e ansiosa que terminassem. Durante vários quilómetros era só eu, o Fábio, o carro e floresta de um lado e do outro queda fatal. Subi e desci serras, falésias e montes.

Visitei praias, mergulhei em piscinas naturais e em albufeiras. Visitei cavernas que hoje são autênticos santuários. Visitei a extremidade sudoeste da península de Setúbal, Cabo Espichel. Encontrei a melhor praia da EUROPA (quem o diz é o site European Best Detination), encontrei a mais LINDA praia de PORTUGAL (pelo menos para mim), encontrei a praia de maior difícil acesso mas que compensou, descobri as melhores paisagens, o património e os produtos regionais de Sesimbra!

Vem comigo … 🙂

 

ONDE FICA

  Já descobriram comigo a cidade-museu, a cidade do conhecimento e até a cidade da paz! Esta seria para mim a Cidade da Natureza, mas o seu estatuto não lhe permite. Sesimbra é uma vila, um concelho que pertence ao distrito de Setúbal, região da Estremadura em Portugal.

  Os acessos são demorados pois não existe auto-estrada, apenas se circula por nacionais (N377, N378 e N379). Alguns acessos são estreitos, pouco iluminados e desadequados para conduzir durante o período nocturno. MAS, vale a pena acordar bem cedo, para fazer uns quilómetros e visitar alguns dos lugares mais surpreendentes de Portugal!

 

CONDIÇÕES PERFEITAS

  Não existe isso de condições perfeitas por aqui! Faz a mala e vem!

  Gosto de pensar que o criador estava muito feliz no dia em que criou Sesimbra, estava apaixonado, acabara de conhecer aquele que parecia ser o amor da sua vida. Sesimbra nasceu do amor da natureza!

 

O QUE VISITAR

  Desde monumentos históricos, praias exóticas, florestas místicas, lagoas refrescantes, falésias com paisagens sobre o cabo de Espichel e o oceano … Sesimbra tem um mundo completamente único para oferecer!!

  Começando na Costa Oeste de Sesimbra fomos descendo a costa até dobrar o Cabo Espichel e seguimos viagem pela Costa Sul de Sesimbra que para mim é dos lugares se não o lugar mais bonito de Portugal!

 

Arrábida Fóssil da Costa da Caparica

  Apesar do Arrábida Fóssil se dizer que é da Costa da Caparica, grande parte destas florestas sobre a falésia já fazem parte na verdade do Concelho de Sesimbra.

  Visitamos mais concretamente a Floresta do Medo! Adorei o nome, e já estava super interessada em explorar cada canto desta floresta!!!!!

 

Floresta do Medo

  Aqui encontrei das borboletas mais bonitas que já vi, encontrei lagartixas e CORUJAS. Será pelas corujas que dizem ser a floresta do medo!? Não encontrei nenhum vestígio de medo, muito pelo contrário um lugar fantástico para dar uma caminhada e aproveitar para espreitar os fósseis da falésia. A única dificuldade que encontrei é que os caminhos são todos parecidos e não existem marcações pelo que tive de tomar atenção para não me perder (se fosse o caso a bússola ia ser a minha salvação), grande parte destes caminhos são em areia e com poucas sombras o que dificulta o nível de esforço.

 

 

Dica: Sempre que um caminho se divide opta sempre pelo mesmo lado. Por exemplo: se optares sempre pelo caminho da direita, sabes que na volta tens de optar sempre pelo caminho da esquerda. Em cruzamentos com mais caminhos deixa uma marca no chão ou numa árvore. Tenta sempre optar pelo caminho mais largo, significa que é o mais usado e que provavelmente te levará direitinho aos fósseis. Os caminhos super estreitos por vezes não nos levam a lado nenhum, muitas dessas vezes foi alguém que abriu caminho apenas fazer aquilo que ninguém pode fazer por ele!!

 

 

 

  Descendo a falésia (nas poucas zonas que é possível), vamos ao encontro de algumas praias de areia fina e de vários quilómetros de extensão: praia dos medos de albufeira, praia dos olhos de água, praia da boca velha, praia da lagoa de albufeira, praia de alfarim, praia do meco (, praia da tramagueira, praia do rio da prata, praia do penedo, praia das bicas. Estas são praias simples, com extenso areal mas algumas delas de difícil acesso. Como eu gosto é de praias com características diferentes decidi apenas visitar a Praia da Lagoa de Albufeira.

 

Praia da Lagoa de Albufeira

  A lagoa de Albufeira é um misto de água doce que corre em algumas ribeiras que aqui desaguam com agua salgada que chega a este lago quando a maré enche. Esta é a lagoa mais funda de Portugal, quando cheia atinge os 15 metros de profundidade. Na verdade são três lagoas uma pequena, uma grande e a terceira chamada de lagoa da estacada.

 

 

  No dia em que visitei as águas estavam calmas, o vento era quase nulo e o sol fazia-se sentir. Estava o dia perfeito para levar as crianças num passeio em família, ou para experimentar um dos desportos que lá se praticam (vela, windsurf, kitesurf e canoagem).

 

 

Farol e Cabo de Espichel 

  No extremo sudoeste da Península do distrito de Setúbal fica o Cabo de Espichel. A torre do farol foi inaugurada em 1790, mas diz-se que já lá existia um farolim desde 1430. Não sei quando foram realizadas as últimas obras, mas na verdade o farol está em excelente estado de conservação e o seu designe está super moderno e apelativo.

 

 

 

  Por aqui existem percursos pedestres para visitar a Igreja de Nossa Senhora do Cabo, o Santuário de Nossa Senhora da Pedra Mua, a Ermida da Memória, o Monumento Natural dos Lagosteiros, Praia da Foz, Praia do Rebenta Bois, Praia do Lagosteiro e Praia do Cavalo (Costa Oeste);
Praia da Baleeira, Praia de Cremesines, Praia do Inferno, Praia da Mijona e Praia Ribeiro do Cavalo (Costa Sul);

 

Santuário de Nossa Senhora do Cabo (visto por fora do recinto)
Santuário de Nossa Senhora do Cabo

Praia Ribeiro do Cavalo  

  Esta praia merece um destaque especial, é única e tem bastante para explorar. Esta praia não é vigiada e não existem acessos. Só existe duas formas de lá chegar, ou de barco ou descendo cuidadosamente a falésias.

 

  Irei dedicar um artigo especial para mapear este trajecto e vos mostrar os melhores cantos desta praia.

  /!\  SOPILER – Esta caminhada requer bastante esforço físico para lá chegar, mas as cores desta praia e a sua singularidade é gloriosa. Água azul de uma cor irresistível apesar do gelo que se faz sentir. Um azul que não se encontra em outro lugar em Portugal. A areia praticamente branca, tão branca que até parece que a vamos sujar. Um conjunto de pedras brancas que substituí a areia do outro lado da praia. E claro, para completar não podiam faltar as luxuosas grutas e rochedos espalhados a gritarem por mim, a pedir que as explore.

 

 

Marina de Sesimbra

  Gosto sempre de espreitar as marinas e admirar os nomes que dão aos barcos. Vi alguns como Santa Mãe, Poder de Deus, Amor ao Oficio e Avé Maria. Gosto de passear pelo cais e ver o trabalho dos pescadores e por vezes provar as suas iguarias.

 

Praia do Ouro

  Continuando viagem pela costa sul de Sesimbra em direcção a Setúbal a próxima paragem é a praia do Ouro. E que ouro encontrei!!!!! Areia dourada, água azul oceano e cristalino onde rebenta a fraca ondulação!!!

  Um pequeno cais, que nos leva até uma plataforma onde se tem as melhores vistas de 360º (oceano, praia e cidade).

 

 

 

  Esta praia faz-me lembrar Magalufe em Palma de Maiorca, mas com o pormenor de estar praticamente livre de turistas. Era só principio de Maio e sei que eles virão, mas é tão bom poder usufruir desta praia sem a enchente de turismo habitual nos países latinos da Europa.

  Esta praia foi sem dúvida uma surpresa agradável para passar umas horas da nossa tarde, dar uns mergulhos, a temperatura da água é bastante satisfatória. Um relembrar de uma viagem a uma das ilhas mais bonitas do mediterrâneo. Tão longe, e agora tão perto!

  Mais abaixo um pouco está a praia da Califórnia, igualmente bela, mas um pouco mais movimentada.

 

 

Cabo de Ares e Serra do Risco

 Esta é um percurso apenas para exploradores! A caminhada tem de ser feita a pé ou de bicicleta (muitas vezes ás costas). Por aqui explora-se a serra do risco, por entre folhagens e flores descobrem-se espécies magnificas para uma macro-foto. Exploram-se trilhos em terra batida, muitas vezes cheios de altos e baixos, buracos e pedras no caminho. Encontram-se cavernas e grutas e satisfaz-se a curiosidade! Passeia-se pelo cabo de ares, ou pela praia dos penedos. Visitar o calhau da cova, uma pequena e peculiar baía azul acompanhada de alguns calhaus e claro o Forte de São Domingos da Batalha. 

 

Calhau da Cova, fotografia de Miguel Lourenço
Forte São Domingos da Batalha

  Depois segue-se em direcção à brecha do parque natural da Arrábida onde termina o concelho de Sesimbra e começa o concelho de Setúbal. Próxima Sexta-feira encontramo-nos aqui para vos mostrar os segredos do Parque Natural da Arrábida, onde me foi arrancado o coração friamente para ficar vinculado para sempre a este lugar! Os lugares mais belos, onde me caíram os olhos e por lá desejei que ficassem!!!

 

PATRIMÓNIO CULTURAL

Castelo de Sesimbra

Fotografia aérea do Castelo de Sesimbra

 

Fortaleza de Santiago

Fortaleza de Santiago, fotografia de Rodrigo Mota

 

Gruta do Zambujal

 

Monumento Natural da Pedreira do Avelino

 

Dica: Cada lugar tem o seu segredo. Na Torre do Castelo de Sesimbra tem-se a melhor vista sobre a cidade e o mar. No Cabo de Espichel, temos a melhor vista sobre a paisagem do oceano e do verde dos montes que nos rodeiam. E no pontão do Porto de Sesimbra temos a melhor paisagem sobre as praias, os barcos e o mar!!

 

O QUE MAIS GOSTEI

  Nesta Viagem dei a volta á península de Setúbal e visitei cada concelho deste distrito. Está certo que este artigo apenas é sobre Sesimbra, mas não consigo deixar de incluir nos meus pensamentos as restantes descobertas que fiz nos arredores. Mas contendo esses pensamentos, posso dizer que adorei a mata do medo, a praia Ribeiro do Cavalo e a praia do Ouro!!!! Sem dúvida a visita a Sesimbra compensa, e vai compensar muito mais quando leres o artigo de Setúbal na próxima sexta!!! Nos artigos seguintes vou falar um pouco dos restantes concelhos de Setúbal para que possas passear pelos arredores!!! BEIJOS :*

EXPLOREM!

1 Comentário sobre “Sesimbra – A Vila Natureza

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.